segunda-feira, setembro 19, 2005

A marcar passo

Apesar da confusão instalada, os resultados das eleições na Alemanha não podiam ser mais esclarecedores. Os europeus temem a mudança e preferem adiar o inadiável. As coisas até estavam a correr bem para a CDU e não fosse o ministro sombra para as finanças ter começado a falar antes do tempo, hoje poderiamos estar a assistir a um momento histórico: a entrada da Europa no século XXI liberta dos espartilhos que a sufocam. Entre a ousadia e o conservadorismo os alemães escolheram o último. A onda nórdica de que falava João Carlos Espada ainda não é suficientemente forte para varrer toda a Europa. Será que ainda virá a tempo?

2 Comments:

Blogger Henrique Raposo said...

Grande começo, camarada.

2:05 da tarde  
Blogger Bernardo Pires de Lima said...

Tal como desejei ao Bruno, aqui ficam as boas vindas ao David. Estás em tua casa!
Abraço
bernardo

ps: esta semana entrarão mais dois Sinédrios. Está para breve um grande jantar conspirativo.

2:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home