segunda-feira, outubro 03, 2005

É esperar para ver

Numa pequena nota numa página esquecida de um jornal diário surgiu à dias a notícia de que a China estabeleceu recentemente uma esquadra naval de reserva no mar da China Oriental, zona que disputa com o Japão e que é conhecida pela exitência de petróleo e gás natural. Na mesma nota refere-se que este anúncio seguiu-se à realização do primeiro grande exercício militar da China com a Rússia. Nos Estados Unidos as relações com a China começam a ser definidas como de “competição estratégica” e não de “parceria estratégica”. Tudo OK. O mundo está em constante mudança e só a Europa parece estar adormecida. A China é muito longe, não interessa, a Rússia não tem dado chatices e os Estados Unidos ainda não sabemos se os queremos como parceiros ou como competidores estratégicos. É esperar par a ver.