quinta-feira, novembro 24, 2005

Não há falcões, nem pombas...Há líderes!


Para desencanto de muitos iluminados que sempre o apelidaram de falcão, monstro e outros nomes nada abonatórios, Ariel Sharon parece ser o líder que vai levar a paz ao médio oriente. Com a sua saída abrupta do Likud e a intenção de formar um novo partido livre de preconceitos e barreiras que dificultavam o processo de paz, Sharon dá mais um passo decisivo rumo a esse objectivo. Se o atingir, este homem será um herói. No entanto, duvido que venha a ser reconhecido como tal. Para os iluminados, herói será sempre aquele que sempre foi o maior entrave à paz - Yasser Arafat. Herói será sempre aquele que, não obstante a miséria do seu povo, morreu com as suas contas na Suiça recheadas - Yasser Arafat. Herói será sempre aquele que fomentou e tolerou grupos terroristas cujo único objectivo é matar por matar - Yasser Arafat.
A verdade é que Sharon nem nunca foi um falcão, nem nunca será uma pomba. É um líder! Tem sabido interpretar cada momento histórico e actuar de acordo com a realidade. Utilizou a força quando essa foi essencial para a defesa do seu povo e fomenta a paz quando essa é essencial para a defesa do seu povo.
A história tem criado várias personagens míticas: desde guerrilheiros comunistas, até músicos drogados. Todos estes dão óptimos posters para colar nas paredes, disseram excelentes frases para estampar em t-shirts e deram óptimas caras para fazer panos para levar para a praia. No entanto, pouco ou nada contribuíram para a construção da humanidade.

Está na altura de valorizar aqueles que realmente fazem história .

4 Comments:

Anonymous EL MANU said...

(PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS PALMAS)

10:12 da manhã  
Anonymous EL MANU said...

ES GRANDE PROENCA!

10:13 da manhã  
Blogger Claudio Tellez said...

Como valorizar os que realmente fazem história, se os que estão a escrever a História estão comprometidos até o pescoço com ideologias que os obrigam a desinformar, falsificar e doutrinar através de seus textos, escondendo os acontecimentos e propagando "interpretações" enviesadas?

Excelente post! Parabéns!

5:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

lindo

que o arafat foi um criminoso já eu sabia


o branqueamento de sharon é intoleravel promoveu os colonatos
houve um masacrezito no libano ( eram SÓ PALESTINIANOS)


COMPARA IDOLOS DA ESUQERDA TIPO CHE COM MUSICOS DROGADOS

É SINAL DO QUE A DIREITA TEM DE PIOR A IMBECILIDADE CULTURAL

caro proença de carvalho quais são os teus idolos???


a minha filha que tem 8 anos é fan dos dzert
eu com 16 anos venerava o jim morisson
é normal
o que não é normal é um adulto ( se não fores estás desculpado)
confunda, perdoa-me a expressão- merda com arroz coçe

10:52 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home