quinta-feira, novembro 24, 2005

A Sexualidade Católica

Não entendo esta decisão da Igreja Católica em querer afastar os homossexuais do sacerdócio. Penso que era desnecessária. Achava que isso estava implícito no exercício da função de padre. Ou não é suposto um padre renunciar à pratica sexual, quer seja hetero, quer homo? Será que não faz mal que um padre seja heterosexual praticante?

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Realmente estava implícito no exercício do sacerdócio o facto de não serem homossexuais, mas agora é explícito.. o facto de os padres serem hetero é visto como normal para a igreja católica (mas com a abstinência que lhe é devida).
Não concordo ou discordo com a abstinência, mas para se ser padre é preciso viver para a causa, e caso fossem casados ou com filhos, o tempo seria menor para ambas as coisas.

2:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home