sexta-feira, janeiro 06, 2006

E o Vale e Azevedo?

No Público de hoje:

"Há pelo menos dez reclusos condenados por homicídio, entre os quais um arguido preso por cinco mortes, entre os 56 indultados pelo Presidente da República em Dezembro. Tráfico de estupefacientes, furto e fraude fiscal são outros dos crimes praticados por pessoas que receberam agora o perdão de Jorge Sampaio."

Alguns pormenores da notícia são arrepiantes, por exemplo: "O perdão presidencial de dois anos foi dado também a um recluso castigado com sete anos e três meses de cadeia por tentativa de homicídio. O agressor, com 78 anos, desferiu golpes na vítima com uma "roçadeira", um acutilante utensílio de lavoura. "

Outros tipicamente portugueses: "A clemência de Sampaio incluiu ainda delitos relacionados com o fisco. Foram perdoadas a um arguido "todas as penas aplicadas" (de prisão e multa) por crimes de fraude fiscal e abuso de confiança. "

Eu já tinha a ideia de que quando as pessoas chegam ao fim da carreira têm uma certa tendência para a magnânimidade, mas hoje quando saír de casa vou olhar por cima do ombro umas quantas vezes.