segunda-feira, maio 30, 2005

O Ácaro Europeu

Continuando o excelente post do Francisco,

Portugal, dada a sua posição geográfica, vai ser a porta de entrada desse estimável museu. Mal posso esperar. Aliás, já enviei os papéis para concorrer ao lugar de porteiro/segurança. Já existe uma delegação desse futuro museu em Bruxelas. Fica junto à delegação do azeite e por cima do escritório dos vândalos anti-globalização que usam fato e gravata (sim, porque a anti-globalização não é só coisa daqueles meninos que fazem cruzadas contra a água corrente).

Quando estiver a trabalhar à porta desse museu, vou espancar qualquer neo-liberal engravatado que ousar colocar o pé no "museu do pó". Eis o nome do museu: "museu do pó europeu". Será pó, mas como é pó europeu... não faz mal. É nosso. É pó de índole cultural.

Depois surgirão um multiculturalistas-barra-ambientalistas a defender a especificidade do ácaro europeu. Já estou a ver o slogan: “a América não tem ácaro como o nosso. A China nem sequer tem ácaro. Viva o ácaro europeu.

1 Comments:

Blogger Francisco Proença de Carvalho said...

Estás em grande. Verifico que o resultado francês apurou a tua inspiração(que já costuma ser apurada).
Um abraço

12:07 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home