terça-feira, junho 14, 2005

Limites de caracteres e o Delacroix


Eugène DELACROIX , La Liberté guidant le peuple, Le 28 juillet 1830 La barricade La Liberté, Louvre


Impor limites de caracteres ao autor é uma forma de tortura psicológica inadmissível.
Não me lembro do Delacroix ter ouvido do seu mecenas:
-“Oh chefe, isso da liberdade em mamas tá muito bom, mas vê lá se pintas coisas mais pequenas que a moldura não me passa no vão da escada!”

2 Comments:

Blogger Henrique Raposo said...

grande.

3:19 da tarde  
Blogger Francisco Proença de Carvalho said...

Meu caro amigo,
O teu argumento é bonito, mas pouco pragmático.
Se queres alguma liberdade artística, escreve um livro. Tens também "O Sinédrio". Aqui não tens limite de caracteres.
Um abraço

3:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home