quinta-feira, junho 30, 2005

Manifesto Liberal

Hoje, António Pires de Lima publica uma pedrada no charco: "A manta de Salazar e a clandestinidade de Cunhal", DN.

Um manifesto liberal, sem dúvida. Um grito de revolta contra um país fechado, provinciano e incapaz de permitir a liberdade de escolha plena.

Aqui fica um pequeno excerto:

«Trinta anos depois da Revolução, talvez não existisse maior homenagem que os democratas pudessem prestar ao 25 de Abril que reescreverem, sem preconceitos, a Constituição, para que esta possa garantir o bem que mais escasseia a liberdade de escolha, nomeadamente aos mais pobres, que são escravos das escolhas do Estado. A cada indivíduo, a cada família, deve corresponder o direito de escolha da escola, do hospital, do sistema de segurança social. Esse é o verdadeiro direito à educação, à saúde e à segurança social que urge defender»

Meus caros,

é tempo de todos os liberais, de esquerda ou de direita, saírem da toca. É tempo de deixarem de ter vergonha. É tempo de assumirem com coragem aquilo que pensam. É tempo de seres leais com aquilo em que acreditam.

2 Comments:

Anonymous David said...

Conta comigo.
Finalmente isto começa a mexer.

1:33 da tarde  
Blogger Henrique Raposo said...

David,

dia 5, no Nicola, pago eu.

2:23 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home